Conheça as propostas dos presidenciáveis para a Saúde


AS PRIMEIRAS PROPOSTAS DOS PRESIDENCIÁVEIS


Com o começo da campanha, os presidenciáveis apresentaram publicamente suas primeiras propostas. São ideias iniciais, que sofrerão mudanças até a eleição, para áreas como economia, saúde, agronegócio e meio ambiente. A seguir, um resumo das propostas da área da saúde dos quatro candidatos que aparecem à frente nas pesquisas de intenção de votos, apresentados em ordem alfabética.


Ciro Gomes: Ciro pretende revogar o teto de gastos e elevar para 6% a fatia do PIB destinada à saúde. Ele quer acelerar a digitalização do Sistema Único de Saúde (SUS). Propõe centralizar compra de insumos de alto custo no Ministério da Saúde; transformar pequenos hospitais em policlínicas; firmar parcerias com a rede privada para reduzir filas; produzir no Brasil medicamentos importados cujas patentes estejam vencidas; e discutir no SUS a carreira de médico.


Jair Bolsonaro: O plano de governo prevê melhorar a governança e a aplicação de recursos repassados ao SUS. Bolsonaro prevê avançar no processo de digitalização de processos para reduzir filas de consultas, exames e cirurgias. Ele se compromete a reforçar as ações de atenção primária e a distribuir mais dinheiro para contratação de agentes comunitários. Ele também defende a promoção do envelhecimento saudável e afirma que pretende consolidar o Pronon e o Pronas.


Luiz Inácio Lula da Silva: Lula defende melhorar a gestão do SUS. Planeja reestruturar o programa Farmácia Popular. Além disso, quer retomar o programa Mais Médicos, porém com outro nome e sem profissionais cubanos, a fim de reforçar a atenção primária. Defende ainda a realização de grandes campanhas de vacinação.


Simone Tebet: Tebet tem como principal proposta elevar a participação da União no financiamento do SUS – de 3,8% para 5% do PIB. A candidata planeja ampliar a estratégia de saúde da família, retomar grandes campanhas de vacinação, reduzir filas de espera (consultas, exames e cirurgias) e fortalecer a rede de cuidados para gestantes e puérperas. Defende também fomentar a incorporação e o acesso de tecnologias de ponta no SUS e o aprimoramento da Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no SUS (Conitec), para garantir eficiência, transparência e participação.







Fonte: NK Consultores

14 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

OS CONCORRENTES (em ordem alfabética) Ciro Gomes (PDT): ex-ministro da Fazenda e ex-governador do Ceará, concorre à Presidência pela quarta vez. Ana Paula Matos, vice-prefeita de Salvador, é a vic